Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Vivendo em Kuliya durante os passatempos de Sri Chaitanya, Sri Devananda Pandit fazia leituras profissionais do Srimad Bhagavatam tingidas de filosofia impersonalista [Mayavada]. Um dia Srivasa Pandit ouviu sua leitura sobre os passatempos do Deus único Bhagavan [Bhagavata-katha], começou a chorar, e caiu ao solo. Ficando perturbados por essa demonstração, os tolos discípulos de Devananda jogaram Srivasa para fora da assembléia. Por observar silenciosamente este mau comportamento de seus discípulos, devananda cometeu, a ofensa do elefante louco [hasti-mata aparadha] que é blasfemar um devoto puro do Senhor Chaitanya.

Mais tarde, pela misericórdia de Vakresvara Pandit, um devoto íntimo de Sri Gaura Raya, Devananda entendeu a divindade de Sri Krishna Chaitanya e rendeu-se a Ele. O Senhor perdoou sua ofensa e abençoou-o com o prático e transcendental serviço amoroso a Deus [bhakti]. Ele serve nos passatempos eternos de Deus [Krishna lila] como Bhaguri Muni.

Veja mais no Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila 10.77

- FIM -

Devananda Pandit biografia



Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário