Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Sri Isvara Puri enviou seus discípulos, Govinda e Kasisvara Pandit, para Jagannatha Puri para humildemente servir o Senhor Chaitanya. Relutando em aceitar serviço de Seus irmãos espirituais, Sri Chaitanya finalmente concordou como era desejo de Seu mestre espiritual [guru]. Chamando-se Kalavati e Sasirekha nos passatempos eternos de Deus [Vraja lila], Govinda e Kasisvara trazem água do Yamuna para o Senhor Krishna. Kasisvara Pandit, cujo corpo era de porte forte e poderoso, costumava andar diante do Senhor Chaitanya, evitando que as multidões tocassem Nele. E depois do canto e danca congregacional de Hare Krishna [kirtanas] ele servia alimentos oferecidos a Deus [Krishna-prasadam] a todos devotos.

Sri Gaurasundara pediu a Kasisvara para mudar-se para Vrindavana para adorar a Deidade de Sri Rupa Goswami, Govindaji. Temendo a separação do Senhor Chaitanya, Kasisvara disse: “Meu Senhor, se eu tiver que abandonar Tua associação meu coração irá se partir em dois.” Por compaixão por Seu devoto, o Senhor Gaurachandra deu-lhe uma Deidade Dele mesmo que era tão perfeitamente formada que se parecia exatamente com o Senhor. “Gaura-Govinda”, o nome da Deidade, é uma forma dourada de Krishna tocando flauta. Então Kasisvara Pandit alegremente foi para Vrindavana a fim de servir Gaura-Govinda e Govindaji.

O Sri Sadhana Dipika diz: “Eu adoro Sri Kasisvara Pandit cujo poder de amor e devoção trouxe Sri Chaitanya para a Índia ocidental como uma Deidade.” Hoje em dia as Deidades originais de Gaura-Govinda e Govindaji são amorosamente adoradas por milhares de devotos em Jaipur, Rajasthan.

O tumulo sagrado [samadhi] original de Kasisvara Pandit fica na Área dos 64 Samadhis. (21,23)

- FIM -

Kasisvara Pandit biografia



Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário