Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Assim como Prahlada Maharaja apareceu numa família de demônios e Hanuman apareceu como um macaco, Sri Haridasa Thakura (de mãos postas segurando um rosário) apareceu entre a casta inferior. Haridasa tinha uma bela forma com todas feições aristocráticas. Altamente intelectual, vencia todos debates em sânscrito e filosofia. Contudo, nunca perdia sua compostura. Em sua juventude, ele ficou famoso por sua extrema devoção é ascese. Embora nascido numa família muçulmana, quando se tornou Vaisnava, mesmo brahmanas esfregavam seus corpos avidamente com a poeira de seus pés.

O próprio Supremo Senhor Anantadeva louva Haridasa Thakura: “Mesmo o Senhor Brahma e Senhor Shiva sempre desejam se associar com tais devotos como Haridasa. E os semideuses desejam tocar o corpo transcendental de Haridasa. Simplesmente por falar seu nome, Haridasa, a pessoa será promovida à morada de Krishna.” (Chaitanya Bhagavata)

Navadvipa era cheia de materialistas grosseiros e adoradores de Kali guiados pelos smarta brahmanas antes que Mahaprabhu começasse Seu movimento de sankirtana. Os smartas proibiam o cantar em voz alta dos Vaisnavas sob a desculpa de que “poderia acordar o Senhor Vishnu, que ficaria zangado e amaldiçoaria Navadvipa com a fome.” Mas era hábito de Haridasa cantar alto Hare Krishna enquanto perambulava ao longo da margem do Ganges. Todo dia antes de tomar sua única refeição ele terminava 192 voltas (300.000 santos nomes de Krishna).

Uma vez um brahmana patife desafiou Haridasa Thakura. O brahmana disse que o método correto de cantar Hare Krishna é silenciosamente dentro da mente. Citando os Vedas, Srimad-Bhagavatam, e Naradiya Purana, Haridasa provou conclusivamente que cantar alto os nomes de Krishna da cem vezes mais resultado que o cantar silencioso. Yan-nama grham akhilan, srotrn atmanam eva ca, sadyah punati... “Qualquer pessoa que cante Teu nome purifica todos que ouvem seu cantar, bem como a si própria.” (Srimad-Bhagavatam 10.34.17) Haridasa concluiu com: “Qual é melhor – alimentar a si mesmo, ou alimentar-se e simultâneamente alimentar mil outros?”

Algumas pessoas equivocadamente pensam: “Como Haridasa Thakura sempre cantava Hare Krishna, ele não estava saboreando as doçuras dos passatempos de Radha-Madhava.” O nome de Krishna é uma jóia que realiza desejos (nama cintamani) é a própria encarnação de rasa (rasa vigraha). Assim, por cantar puramente os santos nomes Haridasa Thakura definitivamente provava as doçuras transcendentais da devoção amorosa por Radha-Madhava. Haridasa Thakura, o conhecedor perito no santo nome, ensinou todo mundo como entrar nos rasa shastras através da porta da misericórdia de Mahaprabhu, recebida por constantemente cantar com pureza.

Sentindo-se ameaçado pela conversão de Haridasa ao Vaisnavismo, o governante muçulmano prendeu-o. Para iluminar o Kazi, Haridasa disse: “Todas entidades vivas na criação são inspiradas pelo Senhor no coração a agirem de diferentes maneiras. Pessoas de diferentes religiões louvam os santos nomes e qualidades do Senhor conforme a visão de suas escrituras. O Senhor Supremo aceita o humor de todos. Se alguém mostrar malícia para com a religião de outrem, na realidade está mostrando malícia para com o próprio Senhor, que é adorado por aquela religião. Como Deus é um só, aquela pessoa se torna invejosa do mesmo Senhor Supremo que ela própria está adorando.”

O governador entendeu estas palavras, porém o Kazi (o governante local) insistiu que Haridasa fizesse uma escolha: “Ou abandona tua crença ou morrerás.”

Haridasa retrucou firmemente: “Se meu corpo for esquartejado e mesmo se eu for morto – ainda assim continuarei cantando Hare Krishna.”

O enfurecido Kazi ordenou que Haridasa fosse publicamente açoitado até a morte. Ele foi brutalmente espancado, arrastado através de vinte e dois mercados, e jogado no Ganges. Absorvido em lembrar do Senhor Hari, miraculosamente ele sobreviveu pela graça de Deus. O Kazi, os brahmanas, e seus rivais correram até Haridasa. Fizeram entusiasmadas saudações a Haridasa e imploraram perdão por suas ofensas. Ele os perdoou e abençoou com devoção. Haridasa achou que a horrível experiência fora a devida punição por Ter ouvido blasfemia contra Vaisnavas da boca de Kazi.

O Prema-vilasa diz que Haridasa tomou diksha de Sri Advaita Acharya. Haridasa Thakura exerceu imensa influência desde o início do movimento sankirtana de Sri Chaitanya. Juntando-se ao Senhor Nityananda, ele espalhou consciência de Krishna na Bengala. Quando Haridasa Thakura veio para Jagannatha Puri, o Senhor Chaitanya deu-lhe um quarto no jardim junto ao Seu. Todo dia o Senhor enviava prasadam para Haridasa. Eles também se reuniam regularmente para discutir Krishna-katha.

Enquanto via o rosto de lótus do Senhor Chaitanya, segurava Seus pés em seu peito, e cantando Sri Krishna Chaitanya, Haridasa deixou o mundo. O Senhor Chaitanya pessoalmente carregou o corpo de Haridasa até o mar. E com Suas duas mãos enterrou-o na areia. Então Mahaprabhu mendigou doações para um festival em honra ao desaparecimento de Haridasa Thakura. O Senhor Chaitanya prestou tributo a Seu devoto puro:

“Vamos todos cantar as glórias de Haridasa Thakura. Haridasa era a jóia real do mundo. Com sua morte a terra perde seu tesouro. Por Sua grande misericórdia Krishna havia Me dado a associação dele. E agora Ele o levou embora. Quando o próprio Haridasa quis deixar este mundo, não pude detê-lo. Assim como Bhismadeva, Haridasa abandonou sua vida por sua própria vontade.” (Chaitanya-caritamrta Antya 11.93-98)

O samadhi de Haridasa Thakura localiza-se junto ao mar em Jagannatha Puri. (vide foto p.13)

Sri Harinamacharya Srila Thakura Haridasa ki jay!

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare

Hare Rãma, Hare Rãma, Rãma Rãma, Hare Hare.

- FIM -

Haridas Thakur encarnação de Brahma filho primogênito de Deus Biografia



Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário