Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Siddha Jagannatha Dasa Babaji Maharaja viveu por cento e quarenta anos. Ele foi iniciado [diksha] pelo mestre Sri Madhusudana Dasa Babaji e adorou Deus na pratica [bhajana] durante muitos anos no Surya Kunda em Vrindavana. Thakura Bhaktivinoda recebeu valiosas instrucoes sobre o pratico, puro e transcendental servico amoroso a Deus de Jagannatha Dasa Babaji.

Sua pratica era de viver seis meses na cidade de Sri Navadvipa Dhama e seis em Vraja mandala. “Durante sua epoca,” disse Thakura Bhaktivinoda, “Sri Jagannatha Dasa Babaji era o mais avancado devoto de Deus [rasika Vaisnava] nas cidades de Gaura, Vraja mandalas e Purusottama Ksetra [Jagannatha Puri].” Bhaktivinoda Thakura deu-lhe o título de Sarvabhauma, o chefe dos devotos de Deus [Vaisnavas].

Aos cento e vinte cinco anos de idade seu corpo parecia curvo como um semi-circulo. Suas palpebras pendiam sobre seus olhos tal como pesadas cortinas de palco. De pe, um de cada lado, dois discipulos levantavam suas palpebras caidas para que ele pudesse oferecer a planta sagrada tulasi manjaris para o Deus Supremo Sri Giriraja Govardhana no altar.

Como Jagannatha Dasa Babaji mal podia caminhar, Bihari, seu servo [Vrajavasi], costumava carrega-lo em seus ombros. Mas quando havia um canto e danca congregacional de Hare Krishna [Nama kirtana], Jagannatha Dasa Babaji debandava de sua cesta e dava pulos no ar de quatro pes de altura. Em grande extase ele começava a cantar e dançar Hare Krishna. Ele realizava vigorosos cantos de adoracao a Deus [bhajana] apesar de suas limitacoes fisicas.

Gostava de cantar alto Hare Krishna, tanto no rosario [japa] como no canto e danca congregacional [kirtana]. Durante o canto e danca congregacional de Hare Krishna [kirtana] ele cantava: Nitai ki nama enechi re! Ki nama enechi re! Ki nama diteche re! ‘Ó Senhor Nityananda, que maravilhoso nome trouxeste. Oh Nitai, que nome maravilhoso Tu nos deste.’ Apos cantar quase a noite inteira, na manha seguinte ele oferecia 1.108 reverencias totalmente prostrado [dandavats] as formas do Deus Supremo Krishna no altar. Estava sempre entusiasmado por servir os devotos de Deus [Vaisnavas].

Vivia como um asceta seguindo uma dieta estrita e o jejum de quatro meses [Caturmasya] todo ano. No primeiro mes comia apenas quatro bananas de noite; no segundo mes apenas goiabas; no terceiro mes somente soro de leite; e no quarto mes unicamente flores de bananeira cozidas em sal. Uma vez ele mendigou um pao achatado [roti] de um varredor de rua de Vrindavana. Ouvindo sobre isso, os principais homens de Vrindavana disseram para Jagannatha Dasa Babaji: “Baba, es a joia real de Vraja. Nos doi ver alguem critica-lo. Mas agora todos estao falando do senhor. Eles dizem: “Baba ficou maluco. Se ele desafia as antigas tradicoes o que ira acontecer com nossa sociedade?”

Babaji Maharaja respondeu: “Voces sao todos pessoas eruditas. Nao sabem da importância do po de Vrindavana? E tao sobrecarregado de amor por Deus Krishna prema que ate mesmo o Senhor Brahma deseja se tornar uma particula da poeira de Vrindavana [Vraja raja]. Portanto, nao e que um varredor de rua de Vrindavana, que esta constantemente servindo o po, respirando-o, rolando nele, e se banhando nele, e mais puro que qualquer outra pessoa?” O silencio enchia o ar, indicando a aceitacao da resposta de Babaji Maharaja por todos.”

Enquanto vivia em Navadvipa dhama, Jagannatha Dasa Babaji mostrou profundo respeito para com todos residentes. Mesmo quando alguns cachorrinhos comeram de seu prato ele nem protestou. Bihari, seu servo, ficou desgostoso ao ver caes devorando o alimento oferecido a Deus Krsna-prasadam] que seu mestre comia e os espantou. Jagannatha Dasa Babaji repreendeu Bihari: “Estes filhotinhos sao residentes da cidade [dhama] sagrada. Eles nao sao entidades vivas comuns. Nao comerei enquanto eles nao voltarem para compartilhar o alimento oferecido a Deus [maha-prasadam] de meu prato.”

Com a idade de cento e quarenta e dois anos ele nao enxergava e nem andava. Para confirmar seus achados, Thakura Bhaktivinoda pediu a Jagannatha Dasa para ver o local do aparecimento do Senhor Chaitanya. Intoxicado de amor por Deus Gauranga prema, Jagannatha Dasa Babaji pulou alto no ar e comecou a cantar e dancar Hare Krishna ante a descoberta do local de nascimento [Yogapitha] do Deus Supremo Sri Chaitanya Mahaprabhu. “Por compaixao por todas almas condicionadas Jagannatha Dasa transferiu seu poder de adorar Deus [bhajana], conhecimento das escrituras vedicas [shastras], e servico pratico e amoroso a Deus [prema bhakti] diretamente para dentro do coracao de Bhaktivinoda Thakura,” disse Sripad B. V. Narayana Maharaja.

Tem mais 4 ensinamentos pra quem quer alcancar o sucesso na vida transcendental.

1) “Voces devem evitar mulheres, homens que se associam com mulheres, ou com um homem que de alguma maneira se associa com um homem que se associa com uma mulher.”

2) “Para realizar a meta suprema da vida voces devem repetir o nome [nama] do Deus Supremo Hari regular e constantemente. A constancia e tao importante que deve ser mantida ate mesmo ao preco da propria vida.”

3) “Nunca esquecam Gaura que e mais misericordioso e benevolente que Krishna. Krishna e como um governante justo que leva em consideracao suas ofensas. Gaura nao leva em consideracao suas ofensas. Ao passo que, Krishna esta mais interessado na dispensacao da justica, Gaura esta mais interessado na distribuicao da misericordia. Deste ponto de vista, cantar e dancar [kirtana] o nome do Deus Supremo Gaura e mais util que cantar e dancar [kirtana] o nome do Deus Supremo Krishna. Cantar e dancar [kirtana] o nome do Deus Supremo Gaura significa cantar: Sri Krishna Chaitanya, Prabhu Nityananda, Sri Advaita, Gadadhara, Srivasadi, Gaura bhakta vrnda.”

4) “Krishna e o avatar do Deus Supremo para a era de Dvapara-yuga. Gaura e o avatar do Deus Supremo para a era de Kali-yuga a era que estamos vivendo. Devemos cantar o nome e as glorias do avatar em cuja era vivemos; assim como no reino nos louvamos o rei governante.” Jaya saci-nandanana, Jaya saci-nandanana, Jaya saci-nandanana, Gaura hari.

O templo de Sonar Gauranga em Gopala Bagh, Vrindavana, abriga as formas do Deus Supremo Gaura-Nitai de outra feita adoradas no Surya-kunda por Sri Jagannatha Dasa Babaji. Nos passatempos eternos de Deus [Krishna-lila] ele serve como Rasika-manjari.

Jagannatha Dasa Babaji Maharaja



Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário