Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Discípulo de Sri Madhavendra Puri, Sri Pundarika Vidyanidhi era o mestre (guru) de Sri Gadadhara Pandit, e amigo íntimo de Svarupa Damodara. Uma vez em Jagannatha Puri, Pundarika Vidyanidhi encontrou Svarupa Damodara após longa separação. Num jubilante humor de amizade, Pundarika e Svarupa queriam tomar a poeira dos pés um do outro. Começou uma disputa conforme tentavam simultaneamente pegar os pés um do outro, porém ao mesmo tempo, evitar que seus próprios pés fossem pegos. Ambos sendo bastante fortes, nenhum deles ganhou. Mas Sri Gauranga desfrutou da brincadeira divertida deles e todos riram.

Pundarika Vidyanidhi tinha outros nomes – Sri Vidyanidhi, Acharyanidhi, Bhaktyanidhi e Premanidhi dado pelo Senhor Chaitanya. “Simplesmente por ouvir seu nome,” disse Sri Gaura, “o mundo inteiro se torna purificado.” A devoção pura de Premanidhi às vezes causava que Sri Chaitanya Mahaprabhu chorasse profusamente e clamasse alto: “Pai (bop), Pundarika! Pundarika é Meu pai, Meu mais querido amigo. Quando hei de vê-lo novamente?” Pundarika Vidyanidhi é o Rei Vrshabanu, pai de Sri Radha, nos passatempos (lila) de Vrndavana.

Continuamente flutuando no mar do amor a Deus Krishna prema, Pundarika freqüentemente mostrava sintomas corpóreos extáticos de lágrimas, horripilação, cair inconsciente, todos sintomas de amor puro por Deus. “Quem quer que recitar ou ouvir a seguinte narração do encontro de Pundarika Vidyanidhi e Sri Gadadhara Pandit irá receber o tesouro do amor por Deus.” (Sri Chaitanya Bhagavata)

Quando primeiro chegou em Navadvipa, Pundarika Vidyanidhi disfarçou-se como um mundano desfrutador dos sentidos. Além de Mukunda, ninguém sabia que Pundarika Vidyanidhi era um devoto (Vaisnava) puro de Deus. “Hoje, vou apresentá-lo a um devoto de Deus (Vaisnava) dos mais excepcionais,” disse Mukunda, enquanto levava Gadadhara Pandit para encontrar Pundarika Vidyanidhi.

Encontraram Pundarika reclinado numa opulenta cama de latão coberta com lençóis de cetim vermelho, almofadas de seda, e encimada por um dossel com três camadas. Uma caixa de pan toda cravejada de jóias, repleta de fragrantes especiarias e nozes de betel esperava bem à mão. Duas luzidias escarradeiras aguardavam como silenciosas sentinelas ao lado da cama. Vendo o espelho manchado de vermelho pelo seu mascar de pan, Pundarika riu muito. Dois servos refrescavam-no com ventarolas de pena de pavão.

Esse era um devoto de Deus (Vaisnava) ou um príncipe desfrutando, chafurdando no luxo, perguntava-se Gadadhara Pandit. Surgiram dúvidas na mente de Gadadhara sobre a posição espiritual de Pundarika. Lendo sua mente, Mukunda decidiu revelar a identidade altamente exaltada e transcendental de Pundarika Vidyanidhi. Mukunda recitou o Srimad Bhagavatam (10.6.35): “Sempre ansiando por provar o sangue de pequenas crianças, Putana veio para matar o bebê Krishna. Entretanto, porque ela ofereceu seu seio ao Senhor Supremo, Putana obteve a maior benção de ser aceita como a mãe de Sri Krishna.”

Ouvir este verso transformou totalmente Pundarika Vidyanidhi. Um rio Ganges de lágrimas inundou seus olhos. Transpiração jorrava de seu corpo, seus pelos estavam arrepiados. Ele arrancou sua camisa de seda bordada e agitava loucamente suas pernas. Rolando no chão, ele lamentava: “O Senhor é infinitamente misericordioso. No entanto Ele me privou de Sua misericórdia.” Suas roupas, cama de latão, finos lençóis, espelho, escarradeiras, todos os seus opulentos pertences foram rasgados ou quebrados em pedaços. Dez homens tentaram mas, não conseguiram restringir a força do êxtase de Pundarika. As manifestações do amor puro de Pundarika Vidyanidhi por Krishna competiram umas com as outras durante algum tempo. Finalmente, suas emoções espirituais chegaram a seu auge e ele perdeu a consciência externa.

Após testemunhar esta espetacular demonstração de sentimentos transcendentais, Gadadhara Pandit percebeu sua ofensa de julgar erroneamente Pundarika Vidyanidhi como um devoto materialista. Para retificar seu erro ele queria tomar iniciação de Pundarika Vidyanidhi. Seis horas depois, Sri Pundarika retornou à consciência externa. Agora ele parecia calmo e composto. Alegremente ele iniciou Gadadhara Pandit. Pundarika Vidyanidhi é o pai de Srimati Radharani nos passatempos de Vraja. Seu samadhi fica na Área dos 64 Samadhis. (21) .

Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário