Radio   Ver   Baixar  Whatsapp  Telegram   Face

Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura, o mestre [guru] de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, nasceu [apareceu] na cidade de Jagannatha Puri [Sri Ksetra Dhama] a 6 de fevereiro de 1874 como filho do mestre Srila Saccinanda Bhaktivinoda Thakura. Em sua infancia ele rapidamente dominou as escrituras Vedicas, memorizou o Bhagavad-gita, e saboreava as obras filosoficas de seu pai. Tornou-se conhecido como “A Enciclopédia Viva” devido a seu vasto conhecimento.

Ele pregava convincentemente contra fanaticos pelas castas e os desvios filosoficos dos devotos de Deus da Gaudiya. Tentou unir as quatro religioes autorizadas dos devotos de Deus [sampradayas Vaisnavas] publicando seus ensinamentos. Srila Sarasvati Thakura ganhou o titulo de mestre leao [Nrsimha Guru] por seu destemor e poderosa transmissão da consciencia de Deus [siddhanta Vaisnava]. Impersonalistas [Mayavadis] atravessavam a rua para evitar de confrontar o “mestre-leao.” Além de ser um corajoso pregador, era ornamentado com todas as qualidades divinas e cheio de amor extático por Deus [Krishna-prema]. Estabeleceu 64 templos de adoracao a Deus [Gaudiya Math] na Índia e centros na Birmânia [Miyanmar], Inglaterra e Alemanha.

Srila Sarasvati Thakura escavou o local de aparecimento do Senhor Chaitanya no Yogapitha na cidade de Sridhama Mayapur, apesar de pesada oposição por parte dos Goswamis de casta de Navadvipa, ávidos por dinheiro. Construiu um belo templo de adoracao a Deus [Gaudiya Math] ali.

Suas tres prensas tipograficas [Brhat-mrdangas] em Madras, Calcutá, e Krishna-nagara, costumavam jorrar livros, revistas, e jornais para espalhar a mensagem de Deus, Sri Gauranga Mahaprabhu.

Quando perguntado porque imprimia um jornal transcendental diário intitulado Nadia Prakash, Srila Sarasvati Thakura respondeu. “Se uma insignificante cidade pode produzir cinco jornais diarios, entao por que nao podemos publicar um jornal a cada segundo sobre as eternas, sempre novas atividades da Suprema Personalidade de Deus Krishna em Seu ilimitado planeta transcendental, Goloka Vrindavana?”

Alem dos escritos de seu pai, ele publicou muitas escrituras [shastras] autorizadas como O Bhagavad-gita, Srimad Bhagavatam, Chaitanya Bhagavata, Chaitanya Mangala, Prema-bhakti-chandrika, e seu livro favorito Chaitanya Charitamrta. Predisse que estrangeiros iriam aprender a lingua Bengali a fim de saborear o nectar deixado por Srila Krishna Dasa Kaviraja no Chaitanya Charitamrta.

Ele introduziu muitas inovacoes para expandir a pregacao. Por toda India organizava exposicoes teistas gratis e dioramas retratando os passatempos de Deus Sri Krishna e Sri Chaitanya Mahaprabhu. Empregando a mais recente tecnologia, ate mesmo tinha bonecos animados. Para comemorar os muitos locais sagrados visitados pelo Senhor Chaitanya ele instalou impressoes de marmore dos pes de lotus do Senhor. Quebrando a tradicao, permitia que seus discipulos renunciados [sannyasis] usassem roupas [kurtas] costuradas, que andassem em carros e barcos a motor, e carregassem a mensagem de Deus Mahaprabhu atravessando o mar ate a Europa.

As revolucionarias ideias de pregacao de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati originavam-se dos escritos vedicos [principios shastricos de yukta-vairagya] exposto pelo grande mestre [rasa acharya] Srila Rupa Goswami. Sendo uma alma eternamente liberada, Srila Sarasvati Thakura sabia como ocupar perfeitamente a energia ilusoria [Maya] no serviço do Senhor Krishna.

Seguindo os passos de Srila Thakura Bhaktivinoda, ele pregou o sistema perfeito que divide a sociedade humana em 4 classes sociais e 4 classes transcendentais [daivi varnashrama] para harmonizar a sociedade e proporcionar realização transcendental a todos. Advogando os ensinamentos dos mestres Sri Rupa e Sri Raghunatha Dasa Goswamis, ensinou a ciencia do servico pratico e amoroso a Deus [Bhakti-yoga], e mostrou a milhares como obter amor puro por Deus Sri-Sri Gandharvika-Giridhari [Radha-Krishna].

Além de seu fenomenal sucesso de pregação na India, a maior contribuição de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura foi A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, que ele aceitou como discipulo e o inspirou a distribuir a consciência de Krishna no mundo todo. Quando pediram a Srila Prabhupada para descrever seu mestre espiritual Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura, ele disse: “Que posso dizer? Ele era um homem do mundo transcendental [Vaikuntha].”

Nos passatempos eternos de Deus Radha-Govinda no mundo transcendental [Goloka Vrindavana], Srila Sarasvati Thakura serve como Nayana-mani manjari. Seus tumulos sagrados [pushpa samadhis] estão no rio Radha-kunda e no templo Radha Damodara (16,35)

Srila Bhaktisiddhanta Thakur permaneceu neste mundo de 1874 a 1937, foi o mestre espiritual de Sua Divina graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, o Fundador-acarya da ISKCON e realizou ao longo de sua vida atividades inconcebíveis para nós almas condicionadas. Certa vez, por exemplo, quando era apenas um menino de 2 ou 3 anos, seu pai, Srila Bhaktivinoda Thakur, comprou mangas. Vendo-as, Bimala Prasada como se chamava quando nasceu, falou, "Essa manga é minha!". Depois, logo em seguida, lembrou que tudo que se come deve ser oferecido primeiro a Krishna, pois tudo pertence a Ele. Bimala Prasada ficou tao chateado consigo mesmo que declarou, "a partir de hoje jamais comerei mangas como castigo por ter uma mentalidade tao gananciosa." E de fato, nunca mais as comeu! Manteve seu voto de nao comer mangas durante toda sua vida. Claro que não havia problema algum em uma criança comer uma fruta assim, um ato inteiramente inocente – mas esse era o padrao que ele se auto impos.

Aos 7 anos de idade [sim sete!] ele já tinha decorado todos os 700 versos do Bhagavad-gita e, ainda por cima, sabia apresentar um significado claro e perfeito para cada verso. Toda sua vida ele se dedicou 100% a atividades devocionais e ao estudo da filosofia vedica. Nunca desejou se enredar na vida familiar e portanto permaneceu celibatario toda sua vida. Em 1905, aos 31 anos de idade, fez um voto severo de cantar 1 bilhão de vezes os santos nomes de Krishna! Construiu uma pequena cabana em um local sagrado e dedicou-se a cantar 300,000 santos nomes de Krishna por dia – o equivalente a 192 voltas do rosario Hare Krishna de 108 contas [japa]. Para quem não conhece, os devotos normalmente cantam o minimo de 16 voltas diarias do terco [japa] Hare Krishna que demora mais ou menos 2 horas para acabar! Durante os nove anos que passou para realizar esse seu voto, dormia no chão de terra, sem colchão ou travesseiro de qualquer espécie.

Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati passou o resto de sua vida divulgando com muito vigor os ensinamentos do Senhor Caitanya Mahaprabhu. Ele pregou com vigor contra as influencias profundamente enraizadas do sistema de castas e do impersonalismo. Encontrando-se com eruditos academicos, educadores e outros lideres da sociedade e escrevendo mais de 108 ensaios e livros, ele trabalhou para apresentar a consciencia de Krishna como uma ciencia altamente exaltada. Ele estabeleceu 64 templos, conhecidos como Gaudiya Mathas, dentro e fora da Índia.

AS INSTRUÇÕES MAIS IMPORTANTES

Srila Bhaktisiddhanta desapareceu do mundo mortal no dia primeiro de janeiro de 1937. Passou seus ultimos dias lendo a colecao Sri Caitanya-caritamrta e cantando Hare Krishna em seu rosario [japa]. Quando um medico o visitou, querendo dar-lhe uma injecao, Srila Bhaktisiddhanta protestou: “Por que voces me perturbam assim? Simplesmente cantem Hare Krsna, isto e tudo.” Entre suas ultimas palavras a seus discipulos estavam estas:

Aconselho todos a pregarem os ensinamentos de Rupa-Raghunatha [discípulos do Senhor Caitanya] com toda energia e recursos. Nossa meta ultima deverá ser tornar-nos a poeira dos pes de lotus de Sri Sri Rupa e Raghunatha Gosvamis. Todos voces devem trabalhar conjuntamente sob a orientacao de seu mestre espiritual com vistas a servir ao Conhecimento Absoluto, a Personalidade de Deus, Krishna. Voces devem viver de alguma forma sem nenhuma briga neste mundo mortal, somente com o interesse de servir a Divindade. Por favor, nao abandonem o servico a Deus, apesar de todos os perigos, de todas as críticas e de todos os desconfortos. Nao fiquem desapontados, pois a maioria das pessoas no mundo nao serve a Personalidade de Deus, Krishna; nao abandonem seu proprio serviço, que e tudo para voces, nem rejeitem o processo de cantar e ouvir o transcendental santo nome de Deus, Krishna. Voces devem sempre cantar o nome transcendental de Deus, Krishna com paciencia e tolerancia como uma arvore e humilde como uma palha... Ha muitos entre voces que sao bem qualificados e trabalhadores capazes. Nao temos nenhum outro desejo em absoluto.

Em seus ultimos dias, ele permanecera inteiramente consciente e dera instrucoes ate o fim. Ele tinha especifica e abertamente ordenado que os assuntos de sua Gaudiya Math fossem mantidos por um corpo administrativo de doze homens, que os devotos deveriam escolher entre eles. Finalmente, ele disse: “Por favor, aceitem minhas bencaos a todos voces, presentes e ausentes. Por favor, tenham em mente que nosso dever e religiao exclusivos e espalhar e propagar o serviço ao Senhor Krishna e a Seus devotos.”

Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura



Doar na CAIXA ou na Loteria
Ag: 0276 Conta Poupança 013/ 6678-1
Danilo Nicolace [Nayana]





Nenhum comentário:

Postar um comentário